início - Curiosidades

Marés no Oceano

   A maré é um fenómeno periódico de subida e descida do nível do mar e tem uma origem astronómica associada à acção gravitacional da Lua e do Sol. A observação das marés envolve a medição do nível do mar num dado local ao longo do tempo. No caso mais simples esta medição é feita visualmente utilizando uma escala graduada mas normalmente utiliza-se um instrumento registador. A altura da maré é definida como a diferença de níveis entre a maré cheia e a maré vazia. A curva de variação da altura da maré em função do tempo denomina-se curva de maré.
O tipo de marés mais frequentemente encontrado é aquele em que há duas marés cheias e duas marés vazias em casa dia - a maré semi-diurna -. Este é o tipo de marés existentes ao longo de todas as costas que rodeiam o Atlântico, sendo semelhantes as alturas de marés cheias (ou vazias) consecutivas. Mas há, em outros locais do globo, outros tipos de maré. No caso da costa ocidental da América do Norte, no Índico e em alguns pontos do pacífico, a desigualdade diurna, isto é, a diferença de alturas entre duas marés vazias (ou duas cheias) consecutivas, é apreciável.

   Forças geradoras das marés:
- Atracção gravitacional exercida pelo Astro (Lua ou Sol);
- Força centrífuga associada ao movimento de revolução do sistema Terra+Astro em torno do centro de massa deste sistema.


Distribuição da Força Geradora da Maré quando o astro
está no plano equatorial